Todos os artigos de Cristiana Lopes

SDPJ e COD Leiria-Fátima reúnem para programar o próximo ano

Na tarde do dia 25 de julho, o Serviço Diocesano de Pastoral Juvenil (SDPJ) e o Comité Organizador Diocesano (COD) para a preparação da Jornada Mundial da Juventude reuniram para programar o próximo ano pastoral e redefinir a estratégia que estava a ser utilizada para integrar a preparação da Jornada Mundial da Juventude na realidade de pastoral juvenil diocesana.

Os cerca de 20 membros que compõem as duas equipas, que agora se uniram para trabalhar com ainda mais proximidade e interrelação, tiveram oportunidade de refletir sobre o ano anterior e planificar o próximo ano com base na avaliação feita.

O calendário para 2021/22, que está ainda a ser finalizado e será divulgado quando for oportuno, conta com as habituais atividades do SDPJ Leiria-Fátima: MC’Fest, cujas inscrições estão abertas pela segunda vez e vai realizar-se no dia 21 de novembro, Oração Shemá, Cuméquié, F5, e Retiro 24. A par com estas propostas, estarão em agenda outras que não tem sido possível realizar face à situação pandémica, como é o caso do Tubo de Ensaio e do programa para jovens da Peregrinação Diocesana a Fátima.

Relacionado com a Jornada Mundial da Juventude, que vai ter lugar de destaque no calendário diocesano e nacional, as propostas Vitamina 23 e O meu autocarro para as Jornadas vão manter-se e juntam-se a elas propostas como Grupos JMJ, Piquenique JMJ, Logo a caminho, cujas designações ainda podem vir ser alteradas, e, em colaboração com o Serviço Diocesano de Catequese, a dinamização do ENDIAD – Encontro Diocesano de Adolescentes.

Jovens vestem novamente a camisola e fazem missão com os mais velhos

O Papa Francisco instituiu o dia 25 de julho como o Dia Mundial dos Avós e dos Idosos e a organização da Jornada Mundial da Juventude aproveitou para o celebrar com a segunda edição da proposta Faz Missão.

Com o objetivo de receber mais dos idosos do que oferecer, o fim de semana de 24 e 25 de julho foi dedicado ao serviço missionário e três grupos da nossa diocese deixam o seu testemunho dos momentos passados junto da população mais velha das suas paróquias:

O QUE GUARDAS DESTA MISSÃO COM OS IDOSOS?

Aprendemos a importância dos gestos pequenos e como uma simples conversa pode iluminar o dia de uma pessoa.
Iasmina – Grupos de Jovens de Santa Catarina e de São Mateus, Azoia e Barosa

Alegria estampada no rosto deles, a deixarem de parte dos compromissos que tinham para nos receber.
Tânia – Grupos de Jovens de Santa Catarina e de São Mateus, Azoia e Barosa

Guardo os conselhos e a importância da família e dos amigos e de saber ser feliz vivendo a vida.
Maria Alice – Grupos de Jovens de Santa Catarina e de São Mateus, Azoia e Barosa

Esta missão fez com que desse para ver a felicidade dos idosos e das pessoas necessitadas ao ver a visita de vários jovens, pelo sorriso, pela satisfação a ouvir, falar e pela receção ao ver-nos. Cada idoso com uma bela história e bela mensagem para nos deixar. Profundo agradecimento pela oportunidade de fazer esta missão.
Miguel Almeida – Grupos de Jovens de Santa Catarina e de São Mateus, Azoia e Barosa

Desta missão levamos uma bagagem pesada, uma boa bagagem daquelas que dá gosto carregar, cheia de histórias, sorrisos, companhia e muitas emoções. Mas principalmente a satisfação de missão cumprida e com a vontade de partir de novo para mais uma vez partilhar e aprender com os corações mais maduros. Uma atividade a repetir.
Grupo de Jovens dos Milagres

Guardo o quentinho no peito que sentia cada vez mais a cada pessoa que visitámos!
Inês Gaspar – Grupo de Jovens da Igreja Velha e Arredores+

O coração cheiinho, cheiinho. A transbordar de ternura e amor que eles nos transmitiram. E também a promessa de voltar..
Carla Sismeiro – Grupo de Jovens da Igreja Velha e Arredores+

A alegria de nos receberem, com sorrisos e lágrimas. A alegria que ficou, nos idosos e em nós, depois de sairmos. A promessa de voltar.
Cristiana Lopes – Grupo de Jovens da Igreja Velha e Arredores+

“EUQAZ”- Diz-nos alguma coisa?

O F5 – grupo diocesano de preparação para o Crisma – encontrou-se pela primeira vez presencialmente no dia 12 de junho, sábado, e eles, sim, conseguem responder a esta pergunta!

O grupo deste ano era composto por jovens das paróquias da Azoia, Bajouca, Aljubarrota, Juncal, Pedreiras e Cruz da Légua, que antes deste encontro presencial, já tinham participado num percurso online com alguns desafios e uma reunião.

Neste encontro, cada um dos jovens presentes teve oportunidade de partilhar aquela que tem vindo a ser a sua caminhada de fé e juntos puderam perceber como é que a vida de Zaqueu, que ao contrário se lê “euqaz”, pode inspirar a vida de cada um daqui para a frente! As árvores que subimos para ver Jesus e a forma como Ele quer entrar na nossa casa foram alguns dos temas de reflexão e, assim, todos deram mais um passo em frente nesta jornada de preparação para o Sacramento que estão prestes a receber. 

A tarde terminou com um momento de oração, também com direito a chuva e pedraço, em que rezámos juntos, em jeito de compromisso, por algumas intenções para o dia do Crisma de todos os jovens inscritos.