Peregrinação: a resposta a um chamamento

Quando me convidaram para ir em Peregrinação a Fátima, decidi logo naquele momento que ia. Fiquei naquele instante com grandes expectativas que iria ser uma experiência muito gratificante. No entanto, coloquei alguns pontos de interrogação pois, pensei que não iria aguentar ir todo o caminho a pé.
Mesmo assim fui.
Houve pessoas que me disseram que a caminhada era cansativa mas eu não achei. Com a força que Deus me deu e com a minha vontade própria, consegui fazer toda a caminhada sem ter de pedir ajuda à carrinha de apoio. É claro que fiquei com algumas dores musculares, mas a partir do momento que cheguei ao Santuário, todas essas dores passaram sem eu dar conta, foi como se um milagre tivesse acontecido. Não tive mais nenhuma dor. Parece estranho, mas talvez haja uma explicação para isso. Deus pode-me ter dado um incentivo para o próximo ano voltar a ir.
Espero que sim pois, adorei ter estado em contacto com outros jovens, estar em actividades lúdicas com eles durante toda a tarde e fazer novas amizades.
Para quem não foi, pode achar que não foi “nada de especial”, mas enganam-se. Pelo menos para mim, não.
Eu gosto de trocar ideias com outras pessoas e neste encontro de jovens foi o que aconteceu. Tivemos várias conversas sobre os mais variados temas que se relacionam com a religião. Muitas pessoas acham que os jovens não têm uma opinião formada sobre a nossa religião, mas é uma ideia completamente errada. Daquilo que me apercebi, aqueles jovens que estiveram presentes no encontro, sabem porque estiveram lá. Não foram obrigados a ir.
Foram, simplesmente, porque tiveram um chamamento de Deus. Decidiram aceitá-lo e com toda a certeza não se arrependeram e voltarão a ir, assim como eu.

Anita Carreira
Paróquia da Caranguejeira

A cuidar da flor a que Deus nos chama

Mais de 200 jovens participaram no passado Sábado dia 24 de Março em mais uma Peregrinação Jovem da Diocese de Leiria-Fátima organizada pelo Secretariado Diocesano da Pastoral Juvenil.

Criar canteiros
O Albergue do Peregrino tornou-se pequeno demais para receber todos estes grupos vindos dos mais diversos pontos desta nossa diocese e, para começar bem este encontro, nada melhor do que aprender o “Apelo” que viria a animar toda esta peregrinação, com letra e música de Diogo Alves. De seguida, uma pequena apresentação permitiu-nos descobrir a tão grande diversidade de locais de origem de tantos grupos de jovens e de catequese que naquele dia decidiram caminhar até Fátima: Leiria, Carvide, Fonte Cova, Bajouca, Caranguejeira, Leiria, Barreira, Espite… E como um encontro destes não teria o mesmo sentido se não nos desse a oportunidade de conhecermos mais de perto os elementos dos outros grupos, o Secretariado decidiu, como já vem sendo hábito, dar-nos uma ajudinha.
Foi assim que uma simples mola com a imagem de uma flor foi o suficiente para misturar-nos em grupos diferentes daqueles aos quais pertencemos, levando-nos assim a conviver com os elementos de outros movimentos presentes. Unidos num grupo de pessoas que horas antes não conhecíamos, cada grupo passou a ter uma tarefa, que haveria de nos ocupar a tarde e noite dentro.

Construir flores
Já neste novo grupo que o destino nos tinha reservado, começámos então um percurso pelos cinco pontos estratégicos do Santuário onde nos esperavam exemplos das mais variadas formas de vocação existentes. E já que o tema desta peregrinação era precisamente a vocação, todos nós, neste nosso novo grupo, éramos então convidados a parar um pouco entre cada ponto para reflectirmos em conjunto cada uma destas formas de vocação que nos eram apresentadas através dos textos e questões colocadas. A cada reflexão era-nos entregue uma pétala de flor.
Depois de completarmos as cinco pétalas correspondentes às cinco formas de vocação apresentadas, tínhamos assim composto a flor do nosso grupo. Mas, e para embelezar essa flor, havia que pintá-la de várias cores, tarefa esta que foi feita aquando do regresso dos grupos ao albergue do peregrino.

Diz que é uma espécie de vocação
Mas como nem só de espírito vive o homem, seguiu-se um jantar partilhado muito apetitoso, para podermos recuperar forças para tudo o que ainda havia de vir.
Já de estômago cheio, chegava a hora do “Diz que é uma espécie de vocação”, um programa de entretenimento da responsabilidade do SDPJ que teria todas as condições de vir a ser de grande audiência, não tivessem quatro humoristas bem conhecidos do nosso panorama nacional tido a brilhante ideia de se antecipar, criando um outro programa de humor com título ligeiramente diferente. Neste “Diz que é uma espécie de vocação”, os vários grupos compostos durante a tarde, tiveram a oportunidade de apresentar vários “sketchs” previamente improvisados a partir de uma leitura bíblica que havia sido distribuída a cada grupo. Foi assim que, no meio de muito humor e divertimento, pudemos ver mais uma vez as várias formas de vocação existentes.

Oferecer a flor que somos
Depois da descontracção deste grande momento de humor e animação, chegou a altura de nos juntarmos todos na Basílica para uma agradável Vigília com o nosso Bispo D. António Marto onde, já num ambiente muito mais sereno, fomos desafiados a ser semente que dá frutos dizendo o nosso “sim” à vocação à qual Deus nos chama. Cada grupo que o destino de uma mola havia juntado foi então colocar a flor que construiu durante a actividade num belo “jardim” improvisado no altar da Basílica, apresentando a oração que, também em grupo, havia preparado durante a tarde. E para nos lançar para a missão que nos espera cá fora, o nosso Bispo não podia deixar-nos sair da vigília, sem antes entregar a cada jovem uma pequena recordação: uma pequena folha com uma oração acompanhada por um pequeno saco com sementes.

Chá e cama
Ainda antes de terminarmos o encontro, e porque o frio já apertava, fomos todos convidados a um cházinho quentinho no Albergue do Peregrino, acompanhado de umas bolachas “Belgas”.
Foram ainda muitos os jovens que pernoitaram em Fátima nessa noite, juntando-se assim no dia seguinte às cerimónias da Peregrinação Diocesana de Leiria-Fátima.
E se por acaso não participaste nesta Peregrinação, e depois de leres este artigo ficares com vontade de participar, digo-te que para o ano há mais, e lá te esperamos.

Marco Silva

Fátima Jovem '07

(Atenção: não confundir com a Peregrinação jovem Diocesana que vai acontecer no dia 24 de Março)
Data e local: 5 e 6 de Maio, no Santuário de Fátima.
Tema: Renuncie a si mesmo, tome a sua cruz.
Inscrições: faz-se no SDPJ até ao dia 30 de Abril; tem um custo de 3,00 euros e dá acesso a materiais e aos espaços fechados. A ficha de inscrição está disponível aqui!

Programa
Sábado, dia 5 de Maio
Depois de almoço: Novas plataformas de Evangelização (nas Praças e ruas de Fátima)
17.30h Acolhimento, Oração Mariana, Oração de renúncia, Chegada da Cruz ecuménica (no Auditório do Paulo VI)
19.30h Jantar
21.30h Rosário (na Capelinha), Procissão de velas (no Recinto)
23.00h às 00.30h Vigília de cariz ecuménico (no Auditório do Paulo VI)
00.30h Novas plataformas de Evangelização (nas Praças e ruas de Fátima)
Domingo, dia 6 de Maio
10.15h Rosário (na Capelinha), Procissão de entrada, Envio (no Altar do recinto)

Novidades para Sidney'08

Já há informações mais precisas sobre a participação dos jovens portugueses nas Jornadas Mundiais da Juventude a realizar em 2008 em Sidney. Segundo informações do Director Nacional da Pastoral Juvenil, os jovens portugueses farão a viagem de avião, num montante que estará entre os 2.000 € e os 2.500 €. O custo da inscrição que engloba alojamento, transportes e todo o tipo de logística em Sidney será de 250 €. Os vistos serão de graça.

Comunicado do CNPJ

A reunião do Conselho Nacional da Pastoral Juvenil (CNPJ), realizada nos dias 9 e 10 de Março, na Casa de Nossa Senhora das Dores, em Fátima, à agenda de trabalhos definida, foram acrescentados dois apontamentos de grande relevo no contexto da acção da Igreja com os jovens em Portugal.
Ver restante comunicado aqui.

Elogio

Na página das edições salesianas – www.edisal.salesianos.pt – está um elogio ao nosso Vitamina C online.

Em http://cvitamina.blogspot.com/ tens acesso ao cancioneiro on-line do Secretariado Diocesano da Pastoral Juvenil da diocese de Leiria-Fátima. Para além da iniciativa ser excelente, o sítio está muito bem organizado. Contempla a versão áudio dos temas letras e acordes. De notar o cuidado em identificar os intérpretes e autores de todas as canções.
Duas iniciativas excelentes que mereceram a nossa atenção e recomendação!

É mais um motivo para prosseguirmos com o nosso trabalho!

Peregrinação Diocesana Jovem a Fátima

Tema: Não fostes vós… Fui eu que vos escolhi.
Ponto de encontro: Santuário de Fátima, albergue do peregrino
Data: sábado, 24 de Março (início às 15h00)
Idade mínima de participação: 10º volume de catequese
Preço: gratuito (5,00 euros para quem fizer reserva de alojamento)
Data limite de inscrição: 18 de Março (a inscrição servirá apenas para fins estatísticos, a fim de prepararmos convenientemente toda a logística; bastará a indicação do nº de presenças – por grupos ou paróquias – e pode ser feita por email ou telefone (244832760)
Alojamento: pode ser feita reserva (5,00 euros por pessoa)

Programa
15h00
Início das actividades junto ao albergue do peregrino. Formação dos grupos através de uma dinâmica apropriada.
16h00
Saída dos grupos formados para uma actividade de exterior.
Preparação da apresentação de trabalhos diversos.
19h30
Jantar partilhado (junto ao albergue do peregrino’).
(NB. cada participante traz de casa)
21h00
Apresentação dos trabalhos feitos durante a tarde no Centro Pastoral Paulo VI (Salão Bom Pastor)
23h00
Oração Jovem na Basílica presidida pelo nosso Bispo.
01h00
Chá junto ao albergue

Alojamentos e reserva:

  • O alojamento é na Casa S. Miguel (raparigas, 50 lugares) e na Colunata (rapazes, 50 lugares).
  • O alojamento compreende cama feita e sanitários.
  • A reserva do alojamento tem o custo de 5,00 euros por pessoa que corresponde ao seu pagamento integral.
  • A data limite de reserva de alojamento é 13 de Março.
  • Para fazer reserva basta indicar o nome dos elementos do grupo que pretende ser alojado e a designação de dois responsáveis – um rapaz e uma rapariga – e os respectivos contactos.

Mensagem do Papa para o Dia Mundia da Juventude 2007

Podem descarregar a mensagem completa aqui.

Caros jovens:
Por ocasião da XXII Jornada Mundial da Juventude, que será celebrada nas dioceses no próximo Domingo de Ramos, gostava de propor para vossa meditação as palavras de Jesus: “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei” (cf. Jo 13,34).
É possível amar?
Toda a pessoa sente o desejo de amar e de ser amado. No entanto, como é difícil amar, quantos erros e fracassos acontecem no amor! Há mesmo quem chegue a duvidar se o amor é possível. As carências afectivas ou as desilusões sentimentais podem fazer-nos pensar que amar é uma utopia, um sonho inatingível. Temos, então, que resignar-nos? Não! O amor é possível. A finalidade desta minha mensagem é contribuir no reavivar em cada um de vós, que sois o futuro e a esperança da humanidade, a fé no amor verdadeiro, fiel e forte; um amor que traz paz e alegria; um amor que une as pessoas, fazendo-as sentir-se livres no respeito mútuo. Permiti-me que agora vos apresente, em três momentos, um itinerário para a “descoberta” do amor.

Vitamina C online

O que é o Vitamina C?
É um repositório de músicas de mensagem (litúrgicas ou para-litúrgicas) e cânticos juvenis de carácter cristão utilizados em liturgias, encontros e actividades.

Quais os seus objectivos?

Divulgar a música criada no âmbito da pastoral juvenil. Levar à sua aprendizagem por parte dos agentes da pastoral juvenil. Prevenir as normais distorções da obra original decorrentes do seu uso e da sua transmissão.

Onde?
Aqui, em vitaminac.sdpjleiria.com

Serviço Diocesano de Pastoral Juvenil